Ir para

News

  • artigos
    314
  • comentários
    9
  • visualizações
    1.982

Os 9 principais erros que afiliados iniciantes cometem ao trabalhar com o Facebook


@blackrat.ads

526 visualizações

 Compartilhar

Faça parte do maior Fórum da América Latina sobre Estratégias Avançadas de Anúncios Online e aprenda a vender qualquer coisa usando Facebook Ads, Google Ads, Tik Tok, Native, Copywriting, PLR, Dropshipping e muito mais: https://l.blackrat.pro/jWmC2


⬇ CONECTE-SE COMIGO!

👉 Inscreva-se no canal: https://l.blackrat.pro/youtube

👉 Me siga no Instagram: https://www.instagram.com/blackrat.ads/

👉 Entre no meu canal do Telegram: https://t.me/blackrat

👉 Me acompanhe no TikTok: https://www.tiktok.com/@blackrat.ads

👉 Estou no Twitter: https://twitter.com/blackrat_ads


Fala galerinha, ao começar a trabalhar com o Facebook, alguns afiliados cometem erros irritantes que afetam seus resultados ou até mesmo levam a despesas desnecessárias. Assim, se você está começando na arbitragem de tráfego e deseja se proteger de erros comuns, basta conferir este texto.
Erro 1: Mesmos dados em contas diferentes
Às vezes, os afiliados usam os mesmos dados em diferentes contas de publicidade. O fato é que, se os dados de diferentes perfis ou contas de publicidade corresponderem, o Facebook vincula automaticamente essas contas. 
Se no futuro a rede social tiver dúvidas sobre uma das contas, por exemplo, não gostar do anúncio ou a atividade da conta parecer suspeita, ela poderá bloquear todas as contas de uma só vez.
Dado que o Facebook é conhecido por seus banimentos frequentes sem motivo aparente, mesmo que você trabalhe apenas com anúncios permitidos e não viole os requisitos da rede social de forma alguma, isso não garante 100% de proteção contra banimentos.
Com isso em mente, é importante que os dados de suas contas não se repitam: cada uma deve ter seu próprio cartão de pagamento, e-mail exclusivo, número de telefone e etc.

Erro 2: Falta de mascaramento de impressão digital
Cada dispositivo que se conecta à rede informa aos recursos visitados um conjunto de dados e parâmetros: sobre o próprio dispositivo, navegador, conexão com a Internet, localização e etc. Um conjunto desses dados forma uma impressão digital. Os sites analisam esses dados para:

  • Identifique o usuário.
  • Configure a veiculação de anúncios.
  • Proteja-se dos golpistas.
  • O árbitro precisa alterar sua impressão digital se quiser trabalhar:
  • com várias contas ao mesmo tempo
  • com ofertas que possam violar as regras do Facebook,
  • Você precisa de uma conta no exterior.

É importante que, para trabalhar com o Facebook, a impressão digital deve ser alterada, mas os dados não devem ser completamente ocultos. O fato é que se um usuário máscara completamente informações sobre si mesmo e seu tráfego, é mais difícil para o Facebook entender quem está na frente dele: um usuário comum, um anunciante ou um golpista. Por isso, os algoritmos de segurança podem analisar as ações do usuário com mais detalhes.
Para alterar a impressão digital, você pode usar:

  • Servidores proxy: Com a ajuda deles, você pode substituir seu endereço IP pelo endereço de: um servidor proxy, um provedor de Internet, uma operadora de celular ou outro usuário real, dependendo do tipo de proxy. Ao mesmo tempo, o proxy não pode alterar os dados do navegador e do dispositivo, portanto, é melhor usá-lo junto com um navegador antidetect.
  • Os navegadores antidetect são programas que ajudam a mascarar a impressão digital de um navegador e dispositivo. Eles se parecem com navegadores comuns, apenas em cada guia separado você pode configurar os dados de impressão digital para cada conta. Todos os melhores navegadores antidetect disponíveis fazem o trabalho de mascarar uma impressão digital, mas não são baratos: a partir de US$ 89. 
  • Extensões da Web que podem bloquear a coleta de impressões digitais: elas impedirão que os sites analisem seus dados do navegador e do dispositivo. No entanto, na verdade, essas extensões são mais adequadas para proteger contra a coleta de dados de publicidade.

Como parte da economia, alguns afiliados iniciantes alteram os dados de seus dispositivos manualmente. No entanto, isso leva muito tempo e o afiliado pode não levar em consideração vários critérios, devido aos quais a fonte de tráfego o calcula de qualquer maneira.
Erro 3: Tentar trabalhar com geos diferentes ao mesmo tempo
Todos os países são divididos em três grupos, dependendo do poder de compra da população, quão bem financeiramente é a população de um determinado país:

  • Tier 1: países com alto poder aquisitivo. Estes incluem países da Europa Ocidental, Canadá, Austrália, EUA, Coreia do Sul e outros países com um alto padrão de vida. Nesses países, há alta competição por tráfego, devido ao qual a publicidade custa mais.
  • Tier 2: países com poder aquisitivo médio, como Rússia, Grécia, Brasil, Bielorrússia, China, Argentina, Ucrânia e outros países. A renda da população é menor aqui, então a publicidade é mais barata.
  • Países de nível 3 com baixo poder aquisitivo, como Líbia, Kuwait, Madagascar, Cuba e Camboja. Nesses países, a população tem baixa renda, então a publicidade é barata aqui.

Apesar dos benefícios óbvios de trabalhar com países de Nível 1, é muito raro que afiliados iniciantes comecem rapidamente a ganhar dinheiro com esse tráfego. Além disso, o início exigirá um orçamento maior, que pode não ser adequado para todos os afiliados.
É melhor começar a trabalhar no seu país ou países de Nível 2: há taxas e concorrência moderadas.

Erro 4: Trabalhar com uma localização geográfica desconhecida
Na tentativa de ganhar mais, os afiliados começam imediatamente a trabalhar com:

  • tráfego estrangeiro,
  • com diferentes geos desconhecidos para eles.

Com raras exceções, isso não dá bons resultados e o orçamento é desperdiçado.
Isso se deve ao fato de que embora as pessoas tenham padrões comuns de comportamento, a população de cada país tem suas peculiaridades de mentalidade, pedidos de compras, padrões éticos e etc. Por isso, o que funciona em criativos para a Itália não é garantido que funcione nos EUA. E isso sem falar no desconhecimento da linguagem, gírias e suas sutilezas. É melhor começar com geos compreensíveis.

Erro 5: Não usar o pixel do Facebook
O pixel do Facebook captura os usuários que visitam o site e suas ações.
Esses dados podem então ser usados para:

  • avaliar a eficácia da publicidade e do próprio site
  • defina seu público-alvo
  • melhor configurar campanhas publicitárias
  • otimizar custos
  • configurar retargeting
  • encontrar novos clientes por meio da formação de públicos semelhantes e etc.

Dado o poder do pixel, não usá-lo limita a eficácia dos anúncios do Facebook.
Erro 6: Copiar completamente as práticas de outros arbitradores
Por falta de experiência, alguns afiliados iniciantes tentam imitar, ou mesmo copiar completamente, as campanhas publicitárias de outros afiliados.
No entanto, a cópia completa na maioria das vezes leva a um resultado curto e insignificante ou leva apenas a uma perda de dinheiro. Isso se deve ao fato de que afiliados geralmente experientes compartilham casos em que um determinado link já deu certo e não é mais eficaz.
Como em qualquer outro campo, a observação é muito importante. Além disso, casos e erros de outros afiliados ajudam a desenvolver os melhores criativos.
É melhor estudar o trabalho de outras pessoas e consertar chips individuais para depois combiná-los e usá-los em seus próprios pacotes de publicidade exclusivos.

Erro 7: Tentar ganhar dinheiro apenas com ofertas exclusivas
Às vezes, os afiliados iniciantes escolhem ofertas incomuns na esperança de que, devido à baixa concorrência, possam ganhar mais do que outros.
Infelizmente, isso muitas vezes leva a uma perda de orçamento: as ofertas podem não ser populares, não porque não sejam conhecidas, mas porque outros afiliados já as testaram e perceberam que não funcionam no Facebook.

Erro 8: Lançar imediatamente uma campanha publicitária com um grande orçamento
Na tentativa de recuperar rapidamente suas despesas, os afiliados iniciantes lançam imediatamente publicidade com um grande orçamento:

  • Nenhum teste executado em pequenos orçamentos
  • Sem análise de público-alvo
  • Sem testar criativos diferentes.

Infelizmente, muitas vezes isso só leva à perda de dinheiro.
O fato é que antes de lançar com um grande orçamento, árbitros experientes realizam testes de criativos para:

  • avaliar qual criativo apresenta os melhores resultados, 
  • ajustar impressões e lances, 
  • decidir sobre o público-alvo e etc.

Isso ajuda a ajustar a campanha publicitária para lançar publicidade com um grande orçamento posteriormente.
Erro 9: Trabalho errado com o público-alvo
Ao trabalhar com o público-alvo de uma oferta, os afiliados iniciantes podem cometer muitos erros. Por exemplo:

  • Completa falta de análise do público-alvo: Além de critérios como sexo, idade, localização geográfica e renda, é importante levar em consideração o tempo de atividade do público, a sazonalidade da oferta, interesses e etc.
  • Seleção de audiências sobrepostas: Se você definir anúncios diferentes para serem exibidos ao mesmo público, seus anúncios serão exibidos para as mesmas pessoas. Como resultado, o afiliado pagará duas vezes pela exibição de anúncios para um usuário, enquanto as estatísticas de desempenho da campanha serão tendenciosas. É importante garantir que a sobreposição de audiência não exceda 20%. A interseção de público pode ser verificada no Gerenciador de Negócios - Grupo de anúncios - Inspetor - Interseção de público.

Matéria completa: https://l.blackrat.pro/JdZ7e 


👉 Viu um artigo em algum blog/fórum gringo, tal como FB-Killa e CPA.RIP, e quer que ele seja traduzido para o Português do Brasil? Envie para gente o link e vamos fazer isso de graçawww.blackrat.pro/artigos

 Compartilhar

0 Comentários


Comentários Recomendados

Não há comentários para mostrar.

×
×
  • Criar Novo...