Ir para

News

  • artigos
    314
  • comentários
    9
  • visualizações
    2.130

Guia rápido de URL canônico para SEO


@blackrat.ads

77 visualizações

 Compartilhar

Faça parte do maior Fórum da América Latina sobre Estratégias Avançadas de Anúncios Online e aprenda a vender qualquer coisa usando Facebook Ads, Google Ads, Tik Tok, Native, Copywriting, PLR, Dropshipping e muito mais: https://l.blackrat.pro/jWmC2


⬇ CONECTE-SE COMIGO!

👉 Inscreva-se no canal: https://l.blackrat.pro/youtube

👉 Me siga no Instagram: https://www.instagram.com/blackrat.ads/

👉 Entre no meu canal do Telegram: https://t.me/blackrat

👉 Me acompanhe no TikTok: https://www.tiktok.com/@blackrat.ads

👉 Estou no Twitter: https://twitter.com/blackrat_ads


A frase "tag canônica" aparece regularmente nas discussões de SEO, possivelmente ainda mais quando se envolve com parceiros multifuncionais, como engenharia, análise e assim por diante.
Pode parecer assustador à primeira vista, especialmente se você é novo na indústria de SEO. Mas há boas notícias: neste tutorial, veremos o que é uma tag canônica, por que ela é importante, como ela se parece na natureza, para onde ela vai e outros detalhes.

O que é um canônico de qualquer maneira?
Em primeiro lugar, antes mesmo de construirmos uma tag canônica, se você se lembrar de apenas uma coisa deste artigo, faça o seguinte: as tags canônicas não são diretivas como o arquivo Robots.txt.
Isso sugere que o Google considera as tags canônicas uma sugestão forte, mas, no final das contas, ele avalia vários sinais antes de decidir se os honra. A própria tag HTML em uma página é uma tag canônica, mas a "canônica" é um pouco diferente.
Existem duas abordagens diretas para definir variações canônicas: canônica definida pelo usuário e canônica definida pelo Google.

  • Canônico declarado pelo usuário: Isso é exatamente o que parece; é o canônico declarado na tag canônica.
  • Canônico declarado pelo Google: este é o URL que o Google designou como canônico.

Se você tiver acesso ao Google Search Console, poderá usar a Ferramenta de inspeção de URL para ver os dois tipos canônicos listados acima.
Em um mundo ideal, eles combinariam - mas e se não corresponderem?

Como o Google escolhe um URL canônico
Quando o Google rastreia e indexa um site, ele examina o conteúdo principal da página. (Dica: não misture conteúdo apenas com material escrito.)
Durante essa verificação, é mais provável que ele localize páginas comparáveis, e o Google selecionará a página que acredita ser a melhor representação do que a página está tentando transmitir aos usuários, como o canônico.
Como dito anteriormente, uma tag canônica não é uma diretiva, o Google examina sinais adicionais além da própria tag canônica - portanto, seja consistente! Links internos e externos são apenas dois dos elementos adicionais que o Google examina ao determinar uma tag canônica.
Matéria completa: https://l.blackrat.pro/D6Hgr 


👉 Viu um artigo em algum blog/fórum gringo, tal como FB-Killa e CPA.RIP, e quer que ele seja traduzido para o Português do Brasil? Envie para gente o link e vamos fazer isso de graçawww.blackrat.pro/artigos

 Compartilhar

0 Comentários


Comentários Recomendados

Não há comentários para mostrar.

×
×
  • Criar Novo...