Ir para

News

  • artigos
    314
  • comentários
    9
  • visualizações
    1.982

Teste de SEO: 8 experimentos para melhorar o tráfego orgânico


@blackrat.ads

136 visualizações

 Compartilhar

Faça parte do maior Fórum da América Latina sobre Estratégias Avançadas de Anúncios Online e aprenda a vender qualquer coisa usando Facebook Ads, Google Ads, Tik Tok, Native, Copywriting, PLR, Dropshipping e muito mais: https://l.blackrat.pro/jWmC2


⬇ CONECTE-SE COMIGO!

👉 Inscreva-se no canal: https://l.blackrat.pro/youtube

👉 Me siga no Instagram: https://www.instagram.com/blackrat.ads/

👉 Entre no meu canal do Telegram: https://t.me/blackrat

👉 Me acompanhe no TikTok: https://www.tiktok.com/@blackrat.ads

👉 Estou no Twitter: https://twitter.com/blackrat_ads


NiNipBfxRoEC1ph-rrejLvavyXhkjQL00XAIDApbZP5TAJbdgHOuggzmOUNjzePHajZXZ1xcyNY677Hi8DjZz_3lUOSpiqi5ZIO9vYFEMHeM8K_CRHR3T2OroBTFiI4sPsCQrte12Z3iue7sFc2xLJAZr1qGAGyUTwQHszpK2cSek6swM4UIFByrZqlUrw

Imagine os resultados que você poderia alcançar se conhecesse o algoritmo de busca do Google.

Basta pensar no tráfego orgânico que você poderia direcionar para o seu site se soubesse exatamente o que o Google estava levando em consideração ao gerar os resultados dos mecanismos de pesquisa. 

Mas é claro que o Google nunca deixaria você ver por trás da cortina. Não só um mau usuário poderia usar essas informações para fins nefastos, mas tiraria toda a diversão da otimização de mecanismos de pesquisa. 

Em vez disso, sempre que houver uma nova atualização de algoritmo, cabe a nós descobrir o que exatamente mudou e a melhor forma de aproveitar isso a nosso favor. 

Mas antes de falarmos especificamente sobre isso, vamos primeiro falar sobre como testar seu SEO.

Etapas para um experimento de SEO bem-sucedido

Felizmente, não precisamos desenvolver uma estrutura totalmente nova para conceber, conduzir e medir nossos testes de SEO – podemos redirecionar o método científico com o qual você provavelmente já está familiarizado. 

Faz um tempo desde a química do ensino médio? Não se preocupe: estas cinco etapas certamente soarão familiares:

  • Faça uma observação - por exemplo, meu site não está na primeira página dos resultados de pesquisa do Google. 
  • Faça uma pergunta e forme uma hipótese - minha meta description está otimizada para classificação? Se eu escrever meta description melhores, isso melhorará meu ranking.
  • Reúna dados - ao alterar essas descrições, acompanhe a mudança na posição de classificação e nas visitas ao site.
  • Analise os dados - crie tabelas, gráficos e diagramas para ajudá-lo a entender a ligação entre o que foi alterado e os resultados alcançados. 
  • Tire conclusões - as evidências apoiam sua previsão? Por que ou por que não? O tráfego do site aumentou devido à nova meta description? 

Você precisa fazer o que os profissionais de marketing chamam de teste A/B para obter resultados precisos. Isso significa criar duas versões da mesma página, com apenas uma diferença, para que você possa ver qual obtém a melhor resposta. 

Antes de começar, tenha uma coisa em mente: mudanças incrementais são essenciais. Se você enlouquecer e mudar tudo de uma vez, não terá ideia de quais fatores estão fazendo a diferença. 

Jogue devagar e tenha paciência. Teste um e aguarde os resultados antes de passar para o próximo. Veja oito coisas diferentes que você pode testar para melhorar a classificação do seu site:

1. Título SEO

Você já escreveu o que achava ser um título de página incrível, apenas para o Google reescrevê-lo nos resultados de pesquisa? Isso geralmente acontece quando o mecanismo de pesquisa não acha que seu título reflete bem o conteúdo da página. 

Mas você pode mudar isso quando quiser. E mesmo que o Google substitua o que você criou, John Mueller, do Google, confirmou que o título original ainda é usado para fins de classificação. Isso significa que, mesmo que você esteja alterando seus títulos de SEO, ainda é uma boa ideia tentar otimizá-los.

Aqui estão algumas coisas que você pode testar para ver se elas geram resultados:

  • Inclua sua palavra-chave de destino.
  • Altere seu comprimento (mais curto nem sempre é melhor).
  • Experimente o posicionamento do nome da marca ou remova-o completamente.
  • Obter clickbait (por exemplo: “Você quer perder 20 kg rapidamente?”).
  • Adicione a data de publicação para demonstrar a relevância das informações.
  • Seja criativo (as pessoas adoram o que é novo e caprichoso).

2. Meta description de SEO

A meta description pode ajudar a melhorar sua taxa de cliques, atrair pesquisadores, gerar exposição de marca e ajudar a diferenciá-lo da concorrência. E tudo isso afeta o comportamento do usuário.

Aqui estão algumas coisas que você pode testar A/B para ver se pode melhorar seu tráfego orgânico:

  • Experimente comprimentos diferentes. A sabedoria tradicional de SEO sugere uma contagem de caracteres entre 156-165 – veja o que funciona para você.
  • Adicione palavras-chave.
  • Mude seu tom. De um modo geral, seu estilo deve corresponder à voz da sua marca, mas para uma página específica, talvez esse não seja o caso.
  • Seja específico – você está recebendo muitas visitas de uma palavra-chave de cauda longa? Adicione isso à sua meta description. 

3. Texto Âncora Interno

Você pode conhecer o texto âncora como o texto visível e clicável (geralmente azul) em um hiperlink.

Isso não é apenas útil para fornecer contexto adicional aos usuários, mas o Google confirmou: o texto âncora ajuda a entender melhor o conteúdo de uma página, permitindo classificar essas páginas para pesquisas relevantes. 

Existem vários tipos de texto âncora que você pode usar, incluindo aqueles com palavras-chave de correspondência exata ou parcial, com marca, imagens, genéricos e links sozinhos. 

Para experimentar o impacto que o texto âncora interno pode ter no seu tráfego orgânico, você pode tentar coisas como:

  • Altere seu comprimento(embora mais curto seja geralmente melhor).
  • Adicione palavras-chave, principalmente as de baixa densidade.
  • Aumente a especificidade.
  • Altere-os para serem mais específicos em relação ao link de destino.

4. Marcação do esquema

A marcação de esquema é um tipo de dado estruturado usado pelo Google e por outros mecanismos de pesquisa.

Seguindo as diretrizes estabelecidas pelo Schema.org, é essencialmente uma língua franca para os motores de busca. É um padrão estabelecido que usa um vocabulário exclusivo para ajudar os mecanismos de pesquisa a entender seu conteúdo com mais clareza.

E embora o esquema não seja fatorado diretamente em sua pontuação de classificação, como o título de SEO, ele pode melhorar sua taxa de cliques e afetar suas pontuações de comportamento do usuário. 

Experimente adicionar marcação de esquema às suas páginas e veja se isso melhora seus resultados.

5. Imagens

Uma imagem vale mais que mil palavras – todo mundo sabe disso. Isso ocorre porque os seres humanos são criaturas visuais. E web designers e profissionais de SEO reconhecem a importância de incluir imagens em páginas da web há muito tempo. 

E não é só porque elas adicionam interesse visual e chamam a atenção, mas também porque podem melhorar sua classificação de pesquisa.

Imagens originais (sem estoque), de alta qualidade e otimizadas para SEO podem gerar grandes resultados. Aqui estão algumas coisas que você pode tentar com suas imagens para melhorar seu tráfego:

  • Adicione imagens - você deve adicionar imagens a cada página. Ninguém quer ler uma parede de texto.
  • Escolha um nome de arquivo diferente - você deve deixar claro imediatamente para o Google o que sua imagem está retratando. Tente adicionar palavras-chave.
  • Altere sua formatação - não existe um tamanho único para imagens digitais. Você pode querer alterar o tipo de arquivo dependendo das suas necessidades de imagem. Os JPEGs são bons para fotos maiores. Os arquivos PNG preservam a transparência do plano de fundo. 
  • Compacte os arquivos quando possível - em geral, arquivos menores são sempre melhores.
  • Garanta que a imagem se adapte para diferentes formatos - com a pesquisa móvel sendo um fator tão essencial no SEO moderno, você deseja garantir que suas imagens sempre tenham uma ótima aparência em telefones e desktops. 
  • Adicione texto alternativo caso a imagem não possa ser exibida por algum motivo. 

6. Cabeçalhos

Seus títulos e subtítulos fornecem a estrutura da sua página. Isso torna mais fácil para os usuários navegarem e para os mecanismos de pesquisa entenderem do que se trata cada seção. 

John Mueller, do Google, foi muito claro sobre isso, enfatizando que a presença de quaisquer títulos, não apenas H1s, envia um forte sinal sobre o conteúdo da página. 

Seria melhor se você tomasse um cuidado especial com todas as suas tags H, de H1 a H6. Isso porque elas também servem como auxílio de acessibilidade e ferramenta de navegação, além de seus benefícios estruturais. 

Embora estejam longe de ser o único fator que o Google leva em consideração, não há dúvida de que são essenciais. Aqui estão algumas coisas com as quais você pode brincar para tentar melhorar seus resultados de SEO:

  • Adicione mais títulos (exceto H1s). Melhore a estrutura e a clareza do seu conteúdo adicionando mais subtítulos.
  • Tente usá-los para quebrar blocos de texto. Ninguém gosta de blocos de texto enormes: H2s, H3s, etc, são a solução perfeita.
  • Adicione palavras-chave. Como quase tudo o que discutimos, você deve experimentar o uso de palavras-chave em seus títulos. 
  • Otimize para snippets em destaque. Chame a atenção e atraia novo tráfego, reivindicando essas caixas especiais nos resultados de pesquisa. Escreva seus cabeçalhos para pousá-los.
  • Seja criativo. Tente tornar seus títulos e subtítulos mais interessantes. 

7. Contagem de palavras

 Você já sabe que conteúdo é o essencial em qualquer estratégia de SEO. Mas você pode não ter pensado muito sobre como o número de palavras que você usa pode afetar sua classificação e tráfego.

Embora você não deva esperar que a contagem de palavras o leve ao topo do nada, isso pode ajudar a definir seu site como relevante e valioso para uma consulta de pesquisa – e atrair leitores. 

O que queremos dizer com isso? Novamente, não é um fator direto de classificação, de acordo com John Mueller.

Com isso dito, a copy de formato mais longo tende a ter uma classificação mais alta. Isso ocorre porque o uso de mais palavras fornece ao Google mais informações sobre o assunto da sua página. 

E se essas peças mais longas forem bem escritas, elas ajudarão a estabelecer você como uma autoridade no assunto. 

E a experimentação é fácil. Pegue um de seus artigos ou postagens de blog existentes e duplique-o. Na segunda, exponha mais detalhadamente o seu tópico. 

Então, veja qual deles tem melhor desempenho nos mecanismos de busca. O texto mais longo provavelmente vai ter uma vantagem competitiva. 

8. URL

Alguns especialistas em SEO juram que URLs com palavras-chave têm um desempenho melhor do que os genéricos. É este o caso?

Bem, sim e não. Por um lado, o Google confirmou que quando realiza seu rastreamento inicial de um site, as palavras-chave em URLs ajudam a entender sobre o que é o site.

No entanto, como isso só é levado em consideração quando um novo site é rastreado, seu papel em uma estratégia de SEO contínua é mínimo. 

Mas, novamente, isso não significa que você não pode usá-los a seu favor. URLs claras criam uma melhor experiência para o usuário e podem ser usadas como tags de âncora nuas muito mais acessíveis do que uma com 75 números aleatórios e letras coladas no final. 

Experimente com suas URLs. Pegue alguns de seus links antigos e não descritivos e adicione palavras-chave a elas. Encurte URLs longas.

Não tenha medo de tentar algo novo

A otimização de mecanismos de pesquisa é um cenário em constante mudança. 

A mudança de tendências pode mudar a forma como as pessoas interagem com seu site. À medida que os algoritmos mudam e novas tecnologias surgem, sua estratégia precisa evoluir. 

Nunca houve, e provavelmente nunca haverá, “configure e esqueça" a otimização de mecanismos de busca. 

Se você estiver disposto a experimentar coisas novas, poderá encontrar a próxima estratégia brilhante.

Matéria completa em: https://l.blackrat.pro/Wn1Dm


👉 Viu um artigo em algum blog/fórum gringo, tal como FB-Killa e CPA.RIP, e quer que ele seja traduzido para o Português do Brasil? Envie para gente o link e vamos fazer isso de graçawww.blackrat.pro/artigos

 Compartilhar

0 Comentários


Comentários Recomendados

Não há comentários para mostrar.

×
×
  • Criar Novo...